Hoje vamos te presentear com uma excelente planilha de MS Excel 2010 para calcular orçamento de custos diretos de construção civil totalmente grátis!

Para o pequeno e médio investidor, essa planilha vai te economizar bastante com softwares excelentes, porém caros, que existem no mercado como o Volare, TCPO Pini, Compor, Arquimedes e tantos outros. Garanto que ela resolve mais de 90% da necessidade e eu, inclusive, a utilizo nos meus negócios.

Porque não estamos cobrando nada ?

Primeiro porque toda a base informações é pública (mais precisamente da SIURB – Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbana e Obras – Prefeitura de SP) e nunca poderíamos cobrar por isso (na realidade, como cidadãos, já pagamos indiretamente através de impostos). Segundo porque acreditamos que ela vai ajudar muita gente que está começando a trabalhar de forma mais profissional com orçamentos, diminuindo os erros e o principal: divulgando o nosso site.

Atenção! Se você ainda não leu nossos artigos sobre Composição de Preços Unitários e Curva ABC, clique agora nos links abaixo antes de continuar lendo esse post! Os conceitos apresentados são utilizados nessa planilha.

A planilha fornece:

  • Quadro prático para levantamento dos quantitativos e cálculo do custo global da obra;
  • Curva ABC com os principais insumos para facilitar o controle de custos;
  • Lista de materiais e seus respectivos consumos para facilitar a cotação e contratação.

A planilha tem uma base de dados com:

  • 590 serviços de obras civis com as composições de preços unitários;
  • 382 insumos de construção e seus preços de mercado incluindo mão-de-obra, material e equipamentos;
  • Cálculo de encargos sociais para trabalhadores horistas e mensalistas;
  • Cálculo do BDI de forma simplificada.

Todos os preços e composições podem ser alteradas por você para adequar aos indicadores regionais (tanto a cotação de fornecedores da sua região como de produtividade da mão de obra).

Instruções e Exemplo Prático

:

Para explicar o funcionamento da planilha, vamos orçar um galpão industrial de 2.000 m². Não vou entrar em detalhes do projeto com listas de quantidades de materiais e serviços, o objetivo é que você aprenda o funcionamento básico dela e crie seus próprios orçamentos.

O primeiro passo é baixar a planilha clicando nos botões a seguir. Você possui duas opções de download da planilha:

  • A primeira é gratuita, possui todas as funcionalidades discutidas neste artigo, no entanto está bloqueada para edição e contém somente composições para edificações com preços de 2014.
  • Você pode optar pela versão profissional, com o desbloqueio das células e fórmulas, permitindo que você faça alterações como quiser por um valor que representa uma fração minúscula da economia de tempo e experiência que a planilha oferece. Possui composições de custos de edificações e infraestrutura com dados de 2017.

A regra geral da planilha é preencher e alterar somente as células com fontes azuis, as demais (pretas, verdes, cinzas…) são calculadas automaticamente. Se você mudar alguma outra célula, essa alteração pode provocar erros no cálculo e você terá que baixar a planilha novamente para obter a versão original.

Atenção: Ao abrir o arquivo, ele solicitará permissão para habilitar macros. Habilite, porque fiz alguns botões para facilitar a sua rotina. Não tem nenhum vírus que vai roubar a senha da sua milionária conta bancária, ok!?

01-preencher-orcamento

Ao abrir a primeira aba (ou tab) chamada “Preencher_Orcamento” você se depara com os seguintes itens:

  1. Tabela com o resumo do orçamento
    • Soma dos Custo dos Serviços com o BDI, isto é, o orçamento final da obra;
    • Repare que, no caso do galpão orçado, já temos um preço final de quase R$ 2 milhões.
  2. Coluna “D” – Quantidade: quantidade de cada serviço
    • Essa é a coluna que deve ser preenchida com as quantidades de cada serviço.
    • A quantidade que você preencher vai ser multiplicada pelo preço unitário do serviço e, assim, chegaremos ao subtotal do orçamento referente àquela atividade (ainda, sem BDI – somente mão de obra, materiais e equipamentos).
    • Repare que já preenchi alguns itens, com base em projetos de galpões, para você ver como ela funciona.
  3. Coluna “E” – Unidade
    • É a unidade de medição do serviço, como metros, metros quadrados, metros cúbicos, peças, etc.
  4. Coluna “F” – Preço unitário
    • O preço unitário representa o custo de uma unidade de medição daquele serviço, por exemplo: 1 metro quadrado de limpeza de terreno custa R$ 0,77.
    • Esse preço é obtido através de uma composição de insumos que você pode checar no item 9, tab “BD_Composicoes”;
  5. Coluna “G” – Preço total
    • Nessa coluna temos o resultado da multiplicação das quantidades dos serviços pelos preços unitários;

Ainda, seguindo pelas outras abas da planilha:

  1. Aba “Curva_ABC”
    • Ao clicar no botão “Atualizar dados” depois de preencher todas as quantidades da coluna D (aba “Preencer_Orcamento”), você terá a lista de todos os insumos da obra ordenados por preço total. Essa informação é valiosa na hora de cotar preços e chorar descontos! Lembrando novamente, quem ainda não leu, leia nosso artigo de Curva ABC.

02-curva-abc                                                                           

  1. Aba “Lista_de_materiais”
    • Não sabe quanto de cimento ou de horas de pedreiro você vai utilizar no seu projeto? Essa aba te mostra qual o consumo de TODOS os insumos (materiais, mão de obra e equipamentos) considerados no orçamento!

 03-lista-de-materiais

  1. Aba “BD_Composicoes”
    • Esse é o banco de dados de todas as composições da planilha, é uma das abas mais importantes do arquivo. Eu realmente sugiro que você não mexa nela, a não ser que você domine o Excel e queira descobrir como funciona o arquivo e os cálculos.

 04-composicoes-precos-unitarios

  1. Aba “BD_Insumos”
    • Nesta aba, temos os preços de todos os insumos com base em Janeiro de 2014.
    • Provavelmente os preços já estão diferentes do mercado, mas minha sugestão é fazer o orçamento, listar a Curva ABC e só depois atualizar os preços dos insumos mais importantes financeiramente do seu projeto (digitando o novo preço na célula com a fonte azul!);
    • Repare que, na mão de obra, temos também considerações a respeito dos encargos sociais onde os cálculos estão representados na aba seguinte (“Calculo_Encargos”);

 05-precos-de-insumos

  1. Aba “Calculo_Encargos”
    • Essa é a memória de cálculo dos encargos sociais, ou seja, todos os custos extras de se contratar um funcionário, exceto o salário.
    • Exemplos: fundo de garantia, previdência social, férias, seguros de vida, 13º salário, vale transporte, vale refeição, etc…
    • Não, você não leu o número errado… O preço dos encargos é MAIOR que o salário… Bem vindo ao Brasil…
    • Os encargos variam com relação aos horistas (operários da construção que trabalham por hora – pedreiro, carpinteiro, encanador, etc.) e mensalistas (engenheiro, topógrafo, desenhista…) – na dúvida, consulte a aba “BD_Insumos”

 06-encargos-sociais

  1. Aba “Calculo_BDI”
    • Aqui fica um item que mais gera confusão, o BDI (Benefícios e Despesas Indiretas). Ele é uma medida indireta das despesas e margem de lucro que a construtora espera ter ao executar a obra. A margem de lucro é uma parte do BDI, mas muita gente acha que é a mesma coisa…
    • O BDI foi estimado com base em: custos com escritório central + administração da obra e transportes internos + lucro bruto da construtora + impostos diretos.
    • Hoje em dia o BDI está numa faixa de 20-40%, variando em função do tipo de obra.
    • Quanto maior a obra, menor o BDI devido ao ganho de escala.

07-bdi

Baixem a planilha, usem, apliquem no dia a dia do seu trabalho e divulguem para quem possa precisar. É uma forma de valorizar nosso trabalho de manter o site sempre com conteúdo gratuito e de qualidade sobre finanças de Real Estate. Aqui vai o link novamente:

CURSO: COMO ORÇAR EDIFÍCIOS APENAS COM A ÁREA DO TERRENO!

Se você gostou do conteúdo deste artigo, acreditamos que nosso curso Como Orçar Edifícios Apenas com a Área do Terreno vai te auxiliar muito em seus negócios. Esse rápido curso vai te ensinar a orçar edifícios operando nossa planilha completa! Você conseguirá orçar sua obra em minutos utilizando o C.U.B da maneira correta! CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS!

Confira no vídeo os destaques do curso:

Qualquer dúvida, deixe-nos um comentário aqui embaixo!

Para continuar aprendendo com os artigos dos RExperts clique aqui.