maio 02, 2015 Finanças 0 comment

A Taxa Nominal ou Real? Já estou ficando perdido com finanças!

Taxa Real ou Nominal

 

Neste artigo iremos te explicar um conceito essencial sobre taxa de juros que faz muita diferença para analisar investimentos: A diferença entre a Taxa Nominal e Taxa Real.

Taxa de Juros

Taxa de Juros é o valor cobrado por um credor a um devedor na realização pelo uso de ativos. São tipicamente expressos em percentual com base anual (% a.a.). Frenquentemente são conhecidas pelos empréstimos de dinheiro, mas também são cobradas para o uso de outros tipos de ativos como veículos e imóveis. Dessa forma, a taxa de juros é utilizada para expressar o rendimento que quantias de dinheiro terão se aplicadas em investimentos: poupança, títulos do governo, CDBs, fundos de investimento, imóveis, etc.

Inflação

Todos nós sofremos os efeitos da inflação na economia. Esse efeito pode ser resumido como a subida dos preços de bens e de serviços, que consequentemente faz com que ocorra a perda do Poder de Consumo de uma moeda. O mesmo ocorre com empréstimos ou investimento, caso você aplique capital em um país onde há inflação, isso com certeza lhe fará “perder” parte daquele rendimento. É exatamente esta inflação que faz com que exista a diferença entre a taxa nominal e real.

Taxa Nominal

A taxa nominal é simplesmente a taxa de juros que faz o dinheiro render. Por exemplo:

Se aplicarmos R$ 1.000,00 no banco hoje a uma taxa nominal de juros de 10%a.a., daqui um ano teremos R$ 1.100,00. Este cálculo é simples: 10% de R$ 1.000,00 é R$ 100. E assim, com esse rendimento você terá então R$ 1.100,00.

O mesmo acontece com um imóvel. Ao locar um imóvel o investidor faz o equivalente a emprestá-lo, e em contrapartida recebe uma taxa de juros (aluguel). No caso de um imóvel que tem valor de R$ 1 milhão e aluguel anual de R$ 150 mil, essa taxa de juros seria de 15%. Esta taxa de juros é chamada de Cap Rate no Real Estate (leia mais sobre ele clicando aqui).

Taxa Real

Note que no exemplo acima ignoramos os efeitos da inflação sobre o rendimento! A Taxa de Juros Real existe para podemos avaliar os juros levando em consideração a inflação dado que ela nos faz perder poder de consumo. A inflação é um dos riscos a que estamos sujeitos em finanças e precisamos levá-lo em consideração.

Sendo assim, podemos afirmar que a Taxa Real é igual à Taxa Nominal descontados os efeitos da inflação do período. Para calculá-la utiliza-se a fórmula de Fischer:

Formula de Fischer

Para um determinado investimento onde a taxa nominal é 10% a.a. e com inflação de 4% a.a. podemos encontrar a taxa real do investimento conforme ilustrado abaixo:

Formula de Fischer_2

Da equação acima podemos encontrar que a Taxa de Juros Real para esse exemplo é 5,8% a.a. Assim pode-se avaliar o investimento com mais precisão, levando em conta os efeitos da inflação.

Muitas pessoas fazem rapidamente a seguinte “conta de padaria”:

Formula de Fischer Padaria

Calculando dessa forma o resultado seria 6% a.a, o que é “aceitavelmente” próximo de 5,8%. Podemos utilizar esse valor em uma conta rápida feita de cabeça, mas recomendamos sempre fazer os cálculos mais detalhados possíveis para avaliar seus investimentos.

Normalmente, quando falamos de investimentos imobiliários voltados à renda, expressamos a rentabilidade do aluguel através de uma Taxa Real (Cap Rate). Isso se dá pois no Brasil os contratos de locação são reajustados periodicamente através de um índice inflacionário como o IGP-M ou IPCA (leia sobre reajustes de contratos de locação clicando aqui).

Resumindo o que aprendemos nesse artigo:

Taxa Nominal é aquela que faz o meu dinheiro crescer, aquela que aumenta o meu saldo bancário de acordo com uma taxa de juros. Já a Taxa Real é aquela que faz o valor do meu capital crescer, me dando assim mais poder aquisitivo – é o quanto meu dinheiro “cresce” acima da inflação. Ou seja, no exemplo anterior se eu tinha dinheiro para comprar 100 balinhas e meu dinheiro rendeu a uma taxa real de 6%a.a., após um ano eu poderei comprar 106 balinhas.

Compreendendo a charge

O Japão é um país com inflação próxima a zero, e por isso o sushi responde ao colega que lá pouco importa se a taxa é real ou se é uma taxa nominal. Num ambiente com inflação zero, ambas as taxas são iguais.

Obrigado por ler este artigo, esperamos que tenha te ajudado. Se ainda tem dúvidas comente aqui embaixo. Para continuar aprendendo com os artigos dos RExperts clique aqui.